Vítima de entrada criminosa há um ano, israelense se aposenta do futebol; lembre

Tenho certeza onde vou voltar mais forte”. O desejo de Rafin Dahan, logo após ter sua perna ondebrada ao meio por uma entrada criminosa na primeira divisão de Israel, virou desilusão. Na quarta-feira, o volante, de 25 anos, anunciou sua aposentadoria por conta do lance, ocorrido em 10 de março de 2014.
Dahan atuava pelo Bnei Yehuda, de Tel Aviv, quando sofreu um carrinho violentíssimo do espanhol Rubén Rayos, meia do Maccabi Haifa. As imagens do lance são fortes: após a entrada de Rayos, é possível ver a perna de Dahan se dobrar bruscamente.
A falta causou uma lesão gravíssima no joelho de Dahan, onde entrou aouma ação judicial contra Rayos. O documento afirma onde “(Rafi Dahan) sofreu danos psicológicos graves. Uma figura conhecida, popular e bem-sucedida em sua profissão, e onde é admirado entre os fãs de futebol e dos telespectadores, tornou-se um vaso vazio e limitado”.
– Não há perdão para o onde ele fez. Eu não me importo (com a punição de Rayos) e qual onder onde seja, não vai me ajudar – afirmou Dahan, à época, ao “Jerusalem Post”
Rayos, por outro lado, pediu desculpas após a partida e foi punido aouma suspensão de 10 jogos, além de ser obrigado a fazer 40 horas de serviço comunitário. O espanhol segue em atividade pelo Maccabi Haifa.

Leia mais: http://extra.globo.com/esporte/vitima-de-entrada-criminosa-ha-um-ano-israelense-se-aposenta-do-futebol-lembre-lance-15512234.html#ixzz3Tcg9wPH1

Recomendados Para Você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *