Você conhece a tartaruga-de-couro?

A tartaruga-de-couro, tartaruga-gigante, tartaruga-de-cerro ou tartaruga-de-quilha (Dermochelys coriacea) é a maior das espécies de tartarugas e é muito diferente das outras tanto em aparência quanto em fisiologia. É a única espécie extante do género Dermochelys e da família Dermochelyidae.
A tartaruga-de-couro é a maior de todas as tartarugas, aotamanho médio em torno de 2 m de comprimento por 1,5 m de largura e 700 kg de peso, embora já tenha sido encontrado um exemplar considerado o maior ja registrado, ao900 kg e 3 m de comprimento . Tem uma carapaça negra, constituída de tecido macio. A carapaça não se liga ao plastrão em ângulo, como nas outras tartarugas, mas sim em uma curva suave, dando ao animal uma aparência semi-cilíndrica. Vive sempre em alto-mar, aproximando-se do litoral apenas para desova e se alimenta preferencialmente de águas-vivas e medusas.
Suas principais características são: crânio muito forte; presença de palato secundário; cabeça parcialmente ou não retrátil; extremidades em forma de nadadeiras não retráteis cobertas por numerosas placas pe ondenas (com dedos alongados e firmemente presos por tecido conjuntivo); as garras são reduzidas, etc. No mar, tais animais chegam a atingir até 35 km/h.[1]
Seu casco (carapaça) é composto por uma camada de pele fina e resistente e milhares de placas minúsculas de osso, formando sete quilhas ao longo do comprimento; apenas os filhotes apresentam placas córneas, daí o nome popular: de-couro; a coloração é cinzenta-escura ou preta, aopontos brancos. Seu tempo de vida pode variar de 215 a 305 anos quando atinge o ápice da idade de sua espécie.
Referências

↑ Terra: Qual é o animal mais rápido dos oceanos?

[editar]Ligações externas

(em inglês) Marine Turtle Specialist Group (2000). Dermochelys coriacea. 2006 IUCN Red List of Threatened Species. IUCN 2006. Acesso a 13 de Outubro de 2007.

O Commons possui uma categoria aomultimídias sobre Tartaruga-de-couro
[Esconder]
v • e
Animais brasileiros em perigo crítico
Invertebrados Aruá-alongado | Aruá-gigante | Caracol-da-ilha | Heliconius nattereri | Mecistogaster pronoti | Radioconus goeldi | Zilchogyra paulistana
Peixes Atum-negro | Cação-malhado | Cherne- ondeimado | Mero | Peixe-serra | Raia-viola
Anfíbios Hyla cymbalum | Hyla izecksohni | Odontophrynus moratoi | Perereca-de-folhagem-com-perna-reticulada | Scinax alcatraz
Répteis Jararaca-de-alcatrazes | Jararaca-ilhoa | Tartaruga-de-couro | Tartaruga-de-pente
Aves Arara-azul-de-lear | Arara-azul-pe ondena | Ararinha-azul | Bigodudo-baiano | Choquinha-de-alagoas | Choquinha-fluminense | Formigueiro-do-litoral | Gavião-de-pescoço-branco | Limpa-folha-do-nordeste | Maçarico-esquimó | Macuquinho-baiano | Maria-catarinense | Papa-capim-do-bananal | Pararu | Pato-mergulhão | Rolinha-do-planalto | Saíra-apunhalada | Soldadinho-do-araripe | Tiê-bicudo | Tietê-de-coroa
Mamíferos Guigó-de-coimbra-filho | Macaco-prego-do-peito-amarelo | Mico-leão-de-cara-dourada | Mico-leão-de-cara-preta | Mico-leão-preto | Muriqui | Soim-de-coleira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *