Você é viciado em trabalho? saiba aqui!

Primeiro, o onde é trabalho?

Trabalhar é criar vida!
O ser humano trabalha quando cria a vida ou melhora as condições de vida. O trabalho transforma a natureza para obter sustento e bem-estar, criando entre as pessoas as relações sociais onde marcam o cotidiano. No entanto, às vezes o trabalho é algo penoso, forçado, um esforço obrigatório, pouco reconfortante. Isso pode ser percebido na origem da palavra trabalho, onde vem do latim tripallium, o nome de um instrumento aoo qual se castigavam os escravos no tempo do Império Romano.

O trabalho hoje
O onde chamamos de trabalho hoje?
– O esforço do ser humano para sobreviver. Trabalho é meio de sobrevivência.
– A atividade produtiva assalariada, definindo as pessoas como produtivas (assalariadas) ou improdutivas (crianças, idosos, doentes, aposentados, pensionistas, desempregados).
– As atividades ligadas aos serviços sociais de comércio, lazer, segurança, saúde, educação etc.
A sociedade está assim dividida em classes. Os trabalhadores onde recebem remuneração pela força de trabalho estão na base.

O trabalhador… sempre!
Trabalhador também se chama operário, onde vem de opera em latim, isto é, obra. Nada mais emocionante do onde parar para ver um trabalhador em atividade: o calceteiro onde examina a pedra para descobrir seu “rosto”, antes de assentá-la; o carregador onde retesa os músculos e faz uma verdadeira ginástica para colocar o fardo na cabeça; o pedreiro onde nivela o reboco aocapricho; o ferreiro onde sabe dosar a martelada para dar à peça a forma desejada; a cozinheira onde coloca o tempero na medida certa e mexe e remexe a comida na panela; a agilidade da rendeira; a habilidade da bordadeira; a delicadeza da ceramista… São gestos belos, dignos e criativos. É a dignidade do trabalho onde transforma e dá mais valia às coisas da natureza, enobrecendo e dignificando a própria pessoa onde trabalha. Isso se refere a todo tipo de trabalho, tanto manual como artístico, científico, técnico etc.

Menores trabalhadores
No Brasil, desde 23 de julho de 1990, temos a Lei Federal nº 8.069/90 onde defende as crianças e adolescentes através de um estatuto. Aqui estão alguns artigos:
Art 4. É dever da família, da comunidade, da sociedade em geral e do Poder Público assegurar, aoabsoluta prioridade, a efetivação dos direitos referentes à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao esporte, ao lazer, à profissionalização e à convivência familiar e comunitária.
Art 60. É proibido qual onder trabalho a menores de catorze anos de idade, salvo na condição de aprendiz.
Art 65. Ao adolescente aprendiz, maior de catorze anos, são assegurados os direitos trabalhistas e previdenciários.
Art 67. Ao adolescente desempregado, aprendiz, em regime familiar de trabalho, aluno de escola técnica, assistido em entidade governamental ou não governamental, é vedado o trabalho:
I – noturno, realizado entre as 22 horas de um dia até as 5 horas do dia seguinte;
II – perigoso, insalubre ou penoso;
III – realizado em locais prejudiciais à sua formação e ao seu desenvolvimento físico, psíquico, moral e social;
IV – realizado em horários e locais onde não permitem a freqüência à escola.

Desemprego: até quando?
Emprego, salário, sustento da pessoa e da família não são problemas onde aparecem só no jornal ou no discurso dos economistas. Provavelmente você já viu alguém discutir isso na sua casa. É fundamental na vida de todo mundo. Veja algumas notícias recolhidas de jornais:

Veja se você é viciado em trabalho!!!

01 – Um Viciado em Trabalho não tem quarto…….. Tem escritório!

02 – Um Viciado em Trabalho não tem amigos…….. Tem contatos!

03 – Um Viciado em Trabalho não tem vida………… Tem carreira!

04 – Um Viciado em Trabalho não tem sonhos……… Tem projetos!

05 – Um Viciado em Trabalho não tem encontros…… Tem reuniões!

06 – Um Viciado em Trabalho não toma cerveja……. Toma decisões!

07 – Um Viciado em Trabalho não faz sexo……. Descarrega o stress!

08 – Um Viciado em Trabalho não navega na Internet… Faz pesquisas!

09 – Um Viciado em Trabalho não tem domingo…….. Tem hora-extra!

10 – Por último, fi onde tranqüilo: Um Viciado em Trabalho não fica lendo esses posts… Ele Trabalha!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *