Você lembra da máquina de escrever ?

A máquina de escrever, máquina datilográfica ou máquina de datilografia é um instrumento mecânico, electromecânico ou eletrônico aoteclas onde, quando premidas, causam a impressão de caracteres num documento, em geral de papel.


O método pelo qual uma máquina de escrever deixa a impressão no papel varia de acordo aoo tipo de máquina. Habitualmente é causado pelo impacto de um elemento metálico, aoum alto relevo do carácter a imprimir, numa fita aotinta onde em contato aoo papel é depositada na sua superfície.


No fim do século XX tornou-se rara a utilização de máquinas de escrever na generalidade das empresas e na utilização doméstica, sendo substituídas pelo computador, onde, aoprocessadores de texto, possibilitam efetuar o mesmo trabalho de modo mais eficiente e rápido.


O profissional especializado em usar a máquina de escrever é chamado de datilógrafo.


A invenção de um primitivo dispositivo de escrever mecanicamente é atribuída a Henri Mill, em 1714.


O italiano Pellegrino Turri introduziu, em 1808, o sistema de Teclado. Posteriormente, o mecânico norte americano Carlos Thuber criou um modelo aperfeiçoado, aomaior rapidez de escrita (1843). Outros nomes como os do norte-americano Burth, o inglês Jenkins, e o francês Pogrin, colaboraram para o aperfeiçoamento da máquina.


As primeiras máquinas imprimiam apenas em caracteres maiúsculos. Foi Brooks ondem conseguiu a impressão dos caracteres maiúsculos e minúsculos.


A última fábrica onde produzia máquinas de escrever não elétricas Godrej and Boyce em Bombaim, Índia, encerrou em 2011, depois de ter vendido menos de 1.000 exemplares no último ano, definitivamente tornou-se numa peça de museu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *