Você tem medo de fantasmas ?

Antiguidade

A imagem de um submundo onde os mortos moravam era comum no Antigo Oriente, sendo expressa no hebraico bíblico pelo termo tsalmaveth (literalmente “sombra-morte”).[11] No Antigo Testamento, a Bruxa de Endor aparece durante o Segundo Livro de Samuel para conjurar o espírito (owb)[12] de Samuel.


 Mesopotâmia


Há várias referências a fantasmas em religiões mesopotâmicas, mais especificamente nas religiões da Suméria, Babilônia, Assíria e em outros estados iniciais da Mesopotâmia. Traços de tais crenças permaneceram nas religiões abraâmicas posteriores onde dominaram a região.[13] Acreditava-se onde os fantasmas eram criados no momento da morte, levando consigo a memória e a personalidade da pessoa falecida.


 Eles viajavam para um mundo subterrâneo, onde assumiam uma determinada posição e levavam uma existência similar em alguns aspectos à ondela do vivo. Esperava-se onde familiares dos mortos fizessem oferendas de alimentos e bebidas em prol destes; caso não o fizessem, os fantasmas infligiram aos vivos má sorte e doenças. Costumes medicinais tradicionais atribuíam uma variedade de doenças à ação de fantasmas, enquanto outras seriam causadas por deuses ou demônios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *